Como encontrar resiliência em tempos difíceis?



Desde o início do COVID-19, fomos inundados de estratégias para nos manter seguros.

Até agora, a maioria de nós tem os hábitos de lavar as mãos, usar máscaras e distanciar.

Mas e quanto a proteger nossa saúde mental em tempos difíceis? Como encontrar resiliência?


Alguns dizem que agora é a hora da Marie Kondo nas nossas vidas. Que, se não estamos em uma situação de auto-aperfeiçoamento, algo está errado conosco.


A ciência do cérebro moderno e os modelos informados sobre trauma têm algo diferente a dizer. Que precisamos criar tempo e espaço para curar. Que simplesmente encher nossos dias de tarefas e sucumbir à pressão motivacional pode atrapalhar nossa busca por resiliência.


A resiliência é encontrada quando:


Evite pensar que existe uma maneira linear e fórmula para lidar. Os organismos não retornam magicamente à homeostase em três etapas rápidas. A resiliência é um processo de adaptação e crescimento que ocorre ao longo do tempo.


Resista a rótulos carregados de julgamento. Você não é preguiçoso, "panicado" ou irracional, se não estiver vasculhando sua lista de verificação como de costume. A vida não é a mesma, e não será. Precisamos de compaixão por nós mesmos e uns pelos outros para proteger, nutrir e edificar a saúde mental.


Perceba que estamos conectados à resiliência. Somos uma espécie altamente adaptável. Quando lidamos com emoções sombrias, podemos cometer o erro de pensar que não somos resistentes, mesmo quando somos. Pesquisas mostram que pessoas resilientes são capazes de nomear todo o espectro de suas emoções como parte de seu processo de cura.


Continuemos adicionando às nossas caixas de ferramentas de higiene emocional. Não há saúde sem saúde mental. A COVID está exigindo que sejamos criativos com as ferramentas que sempre tivemos e que desenvolvamos novas. Não há uma varinha mágica ou ferramenta que possa nos ajudar a encontrar resiliência instantaneamente, mas a ciência enfatiza a atenção plena, o exercício, a respiração, a comunidade, a espiritualidade, a bondade e a criatividade como fatores de proteção para o bem-estar.


Esforce-se para implementar micro estratégias. É mais provável que a mudança de comportamento seja sustentada quando selecionamos atividades específicas viáveis, em vez de tentar fazer mudanças maciças e monumentais. Se o seu horário de sono for adiado, escolha um ou dois hábitos para atingir, como sair da tela uma hora mais cedo do que o habitual ou pedir a alguém que verifique se você acorda a tempo. Pequenas coisas podem fazer uma grande diferença. Muitas vezes, uma vez que regulamos uma área de nossas vidas, isso ajuda a gerar impulso para outras áreas.


Auto-advogado. As respostas de todos aos eventos traumáticos são diferentes. Resista à pressão de ser apenas um super-herói através das coisas sem deixar espaço para lidar com isso. Comunique com as pessoas no trabalho e em casa o que é útil para você. Tente usar a frase "significaria muito para mim se ... (ou seja, se eu pudesse ter alguma flexibilidade nos meus prazos, poderíamos passar um tempo conversando sobre outra coisa etc.) Fingir que estamos "bem "e engarrafar nossas emoções podem corroer o bem-estar e dificultar nossa capacidade de cultivar resiliência.


Trabalhe para ficar no agora. Alguém que tem medo de altura é instruído a “não olhar para baixo”, para evitar a inundação de pânico e medo. Da mesma forma, se estivermos constantemente focados no medo de ficar doente, não conseguiremos ter a resiliência que envolve o desenvolvimento de uma mentalidade no agora - que trabalha para fazer o seu melhor no momento e cria espaço para luto, enfrentamento, conexão, criatividade e gratidão nos sustentando a longo prazo.


Referência


Lee, K. (2017). Mentalligence: A New Psychology of Thinking-Learn What it Takes to be More Agile, Mindful and Connected in Today's World. Deerfield Beach, FL: HCI Books.


Fonte: https://www.psychologytoday.com/us/blog/rethink-your-way-the-good-life/202004/how-we-find-resilience-during-impossible-times (traduzido e adaptado)



Esta postagem não substitui a psicoterapia.

Procure um profissional da área para ajudá-lo.


Ivana Siqueira

Psicóloga Clínica

CRP 05|40028


Rio de Janeiro - RJ

Atendimento presencial e online

contato@ivanapsicologia.com

40 visualizações

Atendimento presencial e online

Endereços:

Saens Pena Medical Center

Rua Conde de Bonfim, 255

Tijuca, Rio de Janeiro, RJ

Barra Point Shopping

Av. Armando Lombardi, 350

Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ

Contato:

Horários:

Tijuca

Segunda: 10h às 20h

Terça: 08h às 20h

Quinta: 08h às 20h

Sexta: 08h às 20h

Barra da Tijuca

Quarta: 10h às 21h

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2018 by Ivana Siqueira. Todos os direitos reservados.