Depressão amorosa: O que fazer?

Atualizado: 19 de Mai de 2019



A decepção amorosa pode fazer com que o indivíduo perca a vontade de se relacionar com outras pessoas, inclusive com amigos e familiares. Quando isso acontece, a pessoa se isola e perde o interesse em fazer coisas que antes davam prazer. Com o tempo, a vida vai perdendo a graça e os pensamentos negativos e pessimistas se instalam.

A tristeza se torna um ciclo vicioso: o indivíduo decepcionado alimenta a ideia de que a vida só será feliz com a presença da pessoa amada e, de forma inconsciente, pausa sua vida e seus planos.


Causas da depressão amorosa

A depressão amorosa é uma consequência da dependência emocional, em que o indivíduo projeta todas as suas expectativas e sua felicidade no outro, passando a depender da pessoa amada para se sentir feliz, capaz, para tomar decisões e até mesmo para se sentir amado.

Em geral, a depressão amorosa afeta pessoas inseguras e que sentem muito medo de assumir a responsabilidade sobre a própria vida, tomar decisões erradas e acabar sendo rejeitado. Por isso, esses indivíduos entregam sua vida, suas escolhas, seus planos e expectativas nas mãos do parceiro.


O que fazer para superar a depressão amorosa


1. Aceite o que não depende de você


Entenda que você não pode mudar o que não depende apenas de você. Você não tem controle sobre as pessoas e ficar se lamentando e lutando contra a situação só dificulta ainda mais a superação.


2. Resolva as pendências


Não importa o que aconteceu — quem errou, quem foi vitima ou quem atrapalhou. É importante colocar os “pingos nos is” para virar a página, ainda que seja internamente. Não deixe nada pendente, pois carregar mágoas só dificultará o recomeço.

3. Confie em você

Você é a única pessoa que sabe o que é melhor para sua vida, e não precisa que ninguém faça escolhas por você. Quando busca a opinião do outro, você na verdade está procurando aprovação e aceitação. Quando precisar tomar uma decisão, o melhor a fazer é imaginar qual conselho daria a um amigo que está na mesma situação.


4. Cuide da sua autoestima

É comum se sentir culpado pelo término de uma relação, e muitas pessoas acreditam que não são boas o suficiente para serem amadas. Comece a gostar de quem você é, aceitando suas fraquezas e tendo orgulho de suas forças.

5. Dê uma chance para o amor

Enquanto você ficar preso a esse amor que não deu certo, não permitirá que amores verdadeiros cheguem até você, pois estará fechado emocionalmente e energeticamente. Conheça pessoas diferentes, frequente lugares em que a pessoa não esteja e experimente novas atividades.

6. Desenvolva sua Inteligência Emocional

Faça Psicoterapia!


Fonte: www.sbie.com.br/blog/depressao-amorosa-o-que-fazer-quando-cair-nessa-armadilha-psicologica/


Esta postagem não substitui a psicoterapia.

Procure um profissional da área para ajudá-lo.


Ivana Siqueira

Psicóloga Clínica

CRP 05|40028


Rio de Janeiro - RJ

contato@ivanapsicologia.com



0 visualização

Atendimento presencial e online

Endereços:

Saens Pena Medical Center

Rua Conde de Bonfim, 255

Tijuca, Rio de Janeiro, RJ

Barra Point Shopping

Av. Armando Lombardi, 350

Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ

Contato:

Horários:

Tijuca

Segunda: 10h às 20h

Terça: 08h às 20h

Quinta: 08h às 20h

Sexta: 08h às 20h

Barra da Tijuca

Quarta: 10h às 21h

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2018 by Ivana Siqueira. Todos os direitos reservados.